Nota de PesarA Secretaria de Estado de Esportes (SEESP) se solidariza com a família do ex-diretor de futebol Eduardo Maluf, que faleceu na manhã desta quinta-feira, 8, em Belo Horizonte. Aos 61 anos, o dirigente estava internado no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, e não resistiu à luta contra um câncer na região abdominal. Maluf era casado e deixou quatro filhos.

O velório terá início às 20h no Parque da Colina e será restrito a amigos e parentes. O sepultamento será às 11h desta sexta-feira (9).

Maluf foi goleiro e começou a carreira em funções administrativas do futebol ainda no Valério. Em 1998, foi contratado pelo Cruzeiro para ser gerente de futebol. Em 2000, teve rápida passagem pelo Galo. Depois, em 2001, assumiu cargo de diretor de futebol do Cruzeiro. Ele foi contratado pelo então presidente da Raposa, Zezé Perrella. No clube celeste, conquistou 13 títulos oficiais.

Maluf estava afastado do cargo executivo no Atlético desde o primeiro semestre de 2016. Nas duas passagens pelo time alvinegro, Eduardo Maluf participou das conquistas do Campeonato Mineiro (2000, 2012, 2013, 2015 e 2017), da Copa Libertadores (2013), da Recopa Sul-Americana (2014) e da Copa do Brasil (2014).

Na certeza de sua contribuição para o esporte em Minas Gerais, a SEESP e seus funcionários desejam força à família e amigos de Eduardo Maluf.