O secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, acompanhado por seu Adjunto, Ricardo Sapi, se reuniu com o Ministro dos Esportes, Leonardo Picciani. (Foto: Fabíola Pimenta/SEESP)

Na noite desta quinta-feira (5), a Secretaria Nacional de Futebol dos Direitos do Torcedor (SNFDT), do Ministério dos Esportes, lançou o programa Seleções do Futuro, que reuniu no hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte, vários líderes esportivos para a divulgação da iniciativa que irá criar 14 núcleos de futebol de base, distribuídos em 11 cidades mineiras. O secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, participou do lançamento ao lado do Ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, e do secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Gustavo Perrella.

Aproveitando a presença das autoridades federais em Belo Horizonte, Gontijo solicitou uma reunião especial antes do evento, quando apresentou ao líder do Ministério o pleito para retomar tratativas e firmar convênio para reparos estruturais no Mineirinho. Vale lembrar que no último dia 20 de setembro, o secretário estadual esteve em Brasília, adiantando a demanda com o secretário Nacional de Alto Rendimento do Ministério dos Esportes, Rogério Sampaio. O secretário de Estado Adjunto de Esportes, Ricardo Sapi, acompanhou a agenda da SEESP com os representantes do ministério.

Para motivar o uso do ginásio e, com ele, apoiar o esporte especializado, a Secretaria de Estado de Esportes (SEESP-MG) vem regularizando o trabalho de federações esportivas em salas do Mineirinho e ainda, cede o local sem custos para a realização de treinos e competições de diversos realizadores como o Jungle Fight, finais nacionais e internacionais de vôlei que além de lotar a casa são televisionadas em rede nacional, gerando muita visibilidade ao ginásio que está localizado na Pampulha, cartão postal da capital mineira. Também recentemente a Secretaria publicou um edital de licitação para concessão de áreas no ginásio, a fim de atrair recursos e formar legado de melhoras físicas no prédio.

Também participaram do lançamento do programa representantes da CBF que contribuem com o projeto, vereadores, deputados federais e estaduais como o ex-secretário de Estado de Esportes, Carlos Henrique. Também estavam presentes secretários e prefeitos dos municípios que serão beneficiados pela ação em caráter “piloto”.

Nesta primeira fase todos os recursos serão oriundos de emendas parlamentares, que já vem do Congresso Nacional com a destinação definida pelo parlamentar é o caso de Belo Horizonte, Nova Ponte, Centralina, Monte Alegre, Canápolis, Itapagipe, Brasópolis, Perdigão, Engenheiro Caldas e Minas Novas.

Outros representantes municipais acompanharam a solenidade para entender o funcionamento do programa e que terão a oportunidade de se inscrever para a segunda fase do programa, em edital de chamamento público que será publicado pela união.

Seleções do Futuro
O programa visa democratizar a prática do futebol de base e promover condições favoráveis ao desenvolvimento da modalidade entre crianças e adolescentes, de 06 a 17 anos, prioritariamente matriculados nas escolas públicas. Cada núcleo será composto por no máximo 200 beneficiados. As atividades serão desenvolvidas no contraturno escolar. A cada beneficiado será assegurado treinamentos com frequência mínima de duas vezes na semana, com no mínimo de 90 minutos diários e em dias alternados.