Crédito: Divulgação/Instituto Interação

O projeto verão já começou para muitos, mas, a quem alegue não ter tempo e/ou dinheiro para aderir à vida saudável com a prática de esportes. É por isso que a Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais (SEESP-MG) mapeou algumas oportunidades que poderão ser aproveitadas em dezembro e janeiro. “A ideia é despertar o interesse das pessoas para o exercício durante as férias e, assim, mostrar que é possível levar o esporte para a rotina do ano inteiro”, explica o secretário de Estado de Esportes em exercício, Ricardo Sapi.

Com a economia retraída muita gente vai optar por não viajar o que, na visão do secretário, “abre a oportunidade para a população conhecer espaços de lazer em sua própria cidade”. Muitos programas da SEESP fomentam atividades gratuitas durante todo o ano, como por exemplo, os projetos da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte — aprovados em editais anuais do mecanismo e que são financiados por empresas a partir da dedução fiscal do ICMS por parte do governo do estado.

É nesse ritmo que diversos projetos terão um cronograma especial para atender os contemplados durante o recesso escolar. Em Vespasiano, na Região Metropolitana, o Instituto Interação, por meio do “Oficinas Esportivas”, promoverá treinamentos especiais de futebol para cerca de 150 crianças e adolescentes, entre oito e 15 anos, durante as férias. Eles serão comandados pelos técnicos Vandinho e Palhinha, ambos ex-jogadores, que se destacaram por América/MG e Cruzeiro, respectivamente. Os jovens serão divididos em seis turmas de 25 alunos, de acordo com a faixa etária.

Já em Andradas, na região Sul, a prefeitura local desenvolve o projeto “Viver Bem em Movimento”, que oferece atividades de alongamento, ginástica localizada, dança, circuito funcional e aeróbico, no Poliesportivo Risoleta Tolentino Neves (Rua Joaquim de Sousa Bastos, s/n° - Vila Graziani), enquanto os treinos de hidroginástica e natação ocorrem no Clube Olímpico (Rua João Fernandes Lobo, n°208 – Vila Buzato). As modalidades são oferecidas de segunda a quinta-feira, das 7h às 19h, e às sextas-feiras, das 7h às 16h, e são destinadas à população acima dos 40 anos, com ênfase nos idosos.

Para se inscrever, é preciso comparecer à secretaria do poliesportivo, no horário comercial dos dias úteis. Lá, é necessário que o interessado apresente um atestado médico que comprove sua aptidão para a prática de exercícios físicos, juntamente ao comprovante de residência e à cópia dos documentos pessoais. Além disso, antes do início, a coordenação organiza uma análise física, para que possam ser definidas as atividades mais apropriadas ao perfil do contemplado. Mais informações podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Educação e Esportes de Andradas pelo telefone: (35) 3731-6798 e/ou pelo e-mail viverbememmovimento@yahoo.com.

Segundo a educadora física Denise Hallak, servidora da SEESP-MG , exercícios físicos durante a terceira idade contribuem para uma melhor qualidade de vida. “As práticas corporais podem ajudar os idosos a ficarem independentes por um período de tempo mais longo, além de reduzir o risco de quedas. Ajuda também na socialização e no combate a depressão, além de constituir uma ferramenta relevante para prevenir déficits de equilíbrio”, ressalta.

Quem também tem programação de férias é a Fundação Dona Mindoca Rennó Moreira, que coordena o projeto Conexão Esportiva, em Santa Rita do Sapucaí. Os professores Eduardo Ribeiro, André Detsa e Ana Paula Oliveira têm realizado dinâmicas na piscina da fundação, localizada na Avenida Sinhá Moreira, nº 350. Elas são voltadas a alunos entre seis e 14 anos, que praticam, além da natação, as modalidades futebol, handebol, basquete, futsal, atletismo, voleibol e futebol americano.

Inaugurada no começo do ano, a iniciativa ainda possui inscrições abertas, que podem ser feitas na Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa (ETE FMC). Para isso, os responsáveis devem preencher os formulários e apresentar cópia do documento de identificação do aluno, comprovante de residência e atestado médico de aptidão para prática de atividade física. Os contatos da escola à disposição dos interessados são (35)3473-3600 e conexaoesportiva@etefmc.com.br.

Para conhecer outros projetos aprovados na Lei de Incentivo ao Esporte de Minas Gerais, acesse www.incentivo.esportes.mg.gov.br/projetos-aprovados-2.

Academias ao Ar Livre democratizam o acesso ao esporte

Estimular a população para se movimentar em espaços democráticos e aberto a todos, esse é o objetivo das Academias ao Ar Livre. Módulos com diversos aparelhos estão em instalação em todo território mineiro por meio de convênios e termos de doação da SEESP e prefeituras. Em 2016, 650 conjuntos de equipamentos foram doados a 425 cidades.

Em Cambuí, no Sul de Minas, a população pode se exercitar em duas academias: na Praça da Assembleia, no Centro, e no Campo do Asilo, na Rua Felipe dos Santos, também na região central da cidade. “Essa é uma oportunidade para aumentar a socialização das pessoas e contribui com o bom uso dos espaços públicos”, salienta Sapi.

Já em Brás Pires, a prefeitura oferece atividades nas academias instaladas no distrito de Ribeirão de Santo Antônio, instalada em 2016; e na Praça de Esportes, no Centro, instalada em 2015. Cerca de 30 pessoas a partir dos 25 anos de idade participam de exercícios ministrados às terças e quintas-feiras das 7 às 9h.

O educador físico Samuel Souza, diretor de Incentivo ao Esporte de Rendimento da SEESP, alerta que é muito importante passar por uma avaliação médica antes de se iniciar qualquer atividade física, mas, observa que o respeito aos próprios limites é a principal ação preventiva para quem não quer ficar parado nas férias. Ele indica que seja feito um aquecimento de cerca de 10 minutos antes do exercício. “É importantes para a comunicação do sistema muscular com o sistema nervoso e, por isso, o rendimento fisiológico da pessoa melhora muito”, contou.

Saiba mais aqui sobre o programa de doação de academias e a lista de cidades contempladas.