Foto: Verônica Manevy/Imprensa MGFoi lançada na noite dessa terça-feira, 24, a 103ª edição do Campeonato Mineiro de Futebol contando com a presença do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e do secretário de Estado de Esportes em exercício, Ricardo Sapi. Durante o evento, realizado no Mineirão, jogadores, dirigentes e representantes de clubes, autoridades, entre outros também prestigiaram a entrega do Troféu Globo Minas.

Na cerimônia foram homenageados personalidades e instituições de destaque no cenário esportivo. Pimentel entregou o prêmio ao Boa Esporte Clube, campeão da série C em 2016, único time do estado a conquistar um título nacional. Também foi condecorado o jogador de vôlei William, campeão mundial pelo Sada Cruzeiro e participante da conquista do ouro olímpico pela Seleção Masculina nos Jogos Rio 2016.

Também foram prestadas homenagens a dois grandes heróis do futebol mineiro. Ex-jogador do Atlético e também o maior artilheiro do time, Reinaldo completou 60 anos em janeiro. Já pelos seus 70 anos, Tostão recebeu a honraria. Ele é ex-atleta e maior goleador do Cruzeiro, além de ser um dos responsáveis pela conquista do título brasileiro em 1966 e da Copa do Mundo em 1970. Uma homenagem foi feita ao ex-técnico de futebol, Carlos Alberto da Silva, falecido na última sexta-feira, 20.

Em seu discurso o governador destacou a importância da competição para os clubes e para o desporto em Minas Gerais. “Os campeonatos regionais são importantíssimos para os times formarem suas bases para o resto do ano e despertam vocações para o esporte. O Estado vê com muita alegria a realização desse campeonato”, disse.

A bola começa a rolar no Campeonato Mineiro no próximo sábado, 28, e a final será no dia 7 de maio. A primeira etapa será disputada em 11 rodadas por América-MG, América de Teófilo Otoni, Atlético, Caldense, Cruzeiro, Democrata, Tombense, Tricordiano, Tupi, Uberlândia, URT e Villa Nova. Os quatro melhores times avançam para as semifinais e os dois últimos serão rebaixados.