Ao todo participaram da competição, em Itabira, 495 atletas de todo o estado (Foto: FTEMG/Divulgação)No último domingo (12), o secretário de Estado de Esportes em exercício, Ricardo Sapi, esteve em Itabira, para acompanhar a primeira etapa do Campeonato Mineiro de Taekwondo 2017. Segundo os organizadores, esta foi a primeira vez que uma autoridade estadual acompanhou a competição em Itabira.

Faixa preta da modalidade, Sapi destacou a importância da competição que serviu de seletiva para o Campeonato Brasileiro deste ano. “O taekwondo brasileiro, e especialmente o mineiro, vive seu melhor momento. No ano passado, Maicon Siqueira, de Justinópolis, mostrou toda a força da modalidade ao conquistar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Rio 2016, enchendo a todos nós, fãs e atletas, de orgulho. E em competições, como este campeonato mineiro, surgem aqueles que vão nos orgulhar futuramente”, disse Sapi.

A competição reuniu 495 atletas de todo o estado, oriundos de 39 academias de 25 municípios diferentes. O Campeonato Mineiro de Taekwondo 2017 será disputado em cinco etapas, e termina em Setembro. As próximas duas competições oficiais acontecerão na cidade de Mariana, nos dias 29 e 30 de abril, e 27 e 28 de maio. Já a 4ª e 5ª etapa serão disputadas em Matozinhos e Caeté, 19 e 20 de agosto, e 16 e 17 de setembro.

Atualmente a Federação Mineira de Taekwondo (FTEMG) possui cinco projetos inscritos nos editais 01/2015 e 01/2016, que já foram aprovados pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Desses, dois já captaram recursos provenientes da isenção fiscal do Governo de Minas Gerais, nos valores de R$ 198.500,10 cada. Além disso, a entidade pode buscar mais R$ 595.936,80, com os outros três projetos já aprovados e que aguardam captação.

A modalidade em Minas Gerais
Em Minas Gerais, essa arte marcial milenar de origem coreana, chegou em 1976 por meio do Mestre Pian. Já a FTEMG, foi fundada em 1984. Desde então, a federação mineira tem alcançado um número cada vez maior de atletas filiados. Atualmente, a Ftemg conta com 25 clubes, 60 academias, 150 vinculações e 40 mil atletas. Desses, quatro mil são faixas pretas.

O esporte, que tem como princípio básico o equilíbrio físico e mental, chegou ao Brasil na década de 1970 e está cada vez mais difundido: a Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) tem uma federação filiada em todos os estados. Devido à sua popularização em todo o mundo, o Taekwondo tornou-se esporte olímpico em 1988.