Foto: Divulgação/FTEMGAlém do foco no desenvolvimento social e educacional, muitos dos projetos aprovados pelo Minas Esportiva Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria de Estado de Esportes (SEESP), marcam também o início da vida esportiva de jovens mineiros. Prova disso é que a Federação de Taekwondo do Estado de Minas Gerais (FTEMG) promoveu, nessa quarta-feira (19), o sexto exame de graduação dos alunos do projeto Taekwondo Iniciação Escolar, executado na Escola Municipal Gabriela Leite Araújo, em Sabará, no Território Metropolitano.

No taekwondo, a graduação segue uma hierarquia que é representada por faixas que simbolizam o ciclo de aprendizagem do aluno. É dividida em dez estágios – faixas branca e coloridas – e dez dans – faixa preta. Para mudar de graduação (faixa), o atleta deverá ser submetido ao exame de avaliação administrado por um mestre.

Dos 40 alunos avaliados pelo mestre Marcelino Barros, da FTEMG, dois obtiveram faixa azul e a expectativa é de que eles cheguem à faixa preta. “Tenho a convicção de que já estamos colhendo bons resultados do projeto Taekwondo Escolar. Com certeza, até o final de 2017, teremos alguns atletas com a graduação de faixa vermelha e, no ano seguinte, quem sabe, os primeiros faixas pretas”, destacou Marcelino.

Taekwondo Escolar

A FTEMG possui em execução dois projetos aprovados via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte: o Taekwondo Iniciação Escolar e o Taekwondo Escolar II, ambos apresentados no edital 01/2015. As iniciativas são patrocinadas pela ArcelorMittal, que repassou à Federação R$ 198.500,10 da isenção fiscal da administração estadual para realização de cada uma delas.

Além da Escola Gabriela Leite Araújo, as atividades são promovidas em outras seis unidades municipais de ensino: escolas Marita Dias, Aníbal Machado, Adão de Fátima, Santos Dumont, Joaquim Construtor Borges e Edith Assis Costa. Um total de 500 crianças e adolescentes entre 08 e 17 anos são contemplados.

“Não tenho palavras para expressar o quanto este projeto é importante para essas crianças. Só tenho a agradecer a empresa Arcelor Mittal e à SEESP, na pessoa do secretario exercício, Ricardo Sapi, que não tem medidos esforços para fortalecer o taekwondo em nosso estado”, frisou Mestre Marcelino.

Segundo ele, todos os alunos inscritos no projeto são filiados à FTEMG. Na próxima semana, os jovens receberão os certificados de graduação com credencial.

Para continuidade das atividades, a Federação encontra-se com dois outros projetos em fase de captação, também para execução em Sabará: o Projeto Taekwondo Iniciação III, no valor de R$ 244.386,30, e o Taekwondo Escolar III, no valor de R$ 231.885,55, ambos pelo edital 01/2016.

Sobre o Minas Esportiva Incentivo ao Esporte

Por meio do programa de fomento à prática esportiva, 0,05% da receita líquida anual do ICMS que coube ao Governo de Minas Gerais podem ser direcionados pelas empresas contribuintes para apoiar atividades esportivas ou paradesportivas.

Desde 2013, quando a Lei Nº 20.824, que regulamenta a ação, foi sancionada, foram aprovados 473 projetos que proporcionaram benefícios tanto para a população atendida quanto para as empresas apoiadoras. Desse total 127 projetos já foram executados ou estão em execução com recursos captados que ultrapassam os R$ 34,9 milhões. Já são mais de 67,4 mil beneficiários entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, de 54 municípios mineiros.

Acesse: incentivo.esportes.mg.gov.br.