Foto: Bruno GorskiÉ no kart que o piloto Breno Lima se destaca e representa Minas Gerais no automobilismo. O mineiro conta com o apoio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, política da Secretaria de Estado de Esportes (SEESP), para garantir seu treinamento e sua participação em competições, como o Campeonato Brasileiro de Kart que tem início na próxima segunda-feira (10 de julho) em Penha (SC).

Aos 39 anos, o esportista começou na prática do kartismo em 2009 por meio do convite de amigos. “No final de 2011 adquiri meu primeiro kart, em 2013 iniciei minha participação em campeonatos profissionais”, conta. Depois de ser campeão mineiro amador em 2012 e ser tricampeão do campeonato estadual na categoria F400 (2013, 2014 e 2015), conquistou a quinta colocação no Campeonato Brasileiro em 2016.

Nas pistas do Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, Breno treina de uma a duas vezes por semana para a próxima temporada da competição nacional. “Estou com boas expectativas, acho que será bem competitivo. No último mês, participei da abertura da disputa e tive um desempenho satisfatório, ficando com o terceiro tempo e bem próximo do primeiro colocado”, afirma.

É em pilotos como Renato Russo, André Nicastro e Olin Galli que Lima busca inspiração para correr. “Eu os vejo correndo e busco aprender alguma técnica para defender posição ou de ultrapassagem. São exemplos de como foco, dedicação e concentração são importantes nesse esporte”, comenta.

Ele ainda tem grandes sonhos para sua carreira esportiva, como correr a nível internacional. “Busco aumentar o número de empresas que me apoiam para conseguir alcançar o orçamento necessário para disputar o Mundial de Kart que ocorre todo ano nos Estados Unidos”, declara.

Na última semana, contamos a história do piloto Sérgio Sette Câmara, apoiado pelo mecanismo da Secretaria de Estado de Esportes, e que representa o Brasil na Fórumula 2 –categoria de acesso a Fórmula 1.

Minas Gerais se destaca
Em artigo publicado na Revista Minas em Cena, o secretário de Estado Adjunto de Esportes, Ricardo Sapi, fala do potencial mineiro para a formação de pilotos. A vocação de Minas Gerais agora é catalisada com o Circuito dos Cristais, em Curvelo, autódromo de padrões internacionais com capacidade para receber grandes competições. Localizado a cerca de 160 km da capital, o Governo de Minas Gerais inaugurou estruturas de pontes e pavimentação na LMG 754 que facilitam o acesso à cidade.

“Estou convicto que esta é a melhor fase para o automobilismo no estado. Como especialista de marketing aconselho as empresas a visualizarem os eventos esportivos ligados à modalidade como oportunidade para propagar suas marcas. Há um grande potencial em se associar aos conceitos de inovação tecnológica, paixão e desempenho”, escreveu Sapi. Leia o artigo completo aqui.

Minas Esportiva Incentivo ao Esporte
Por meio do programa de fomento à prática esportiva, 0,05% da receita líquida anual do ICMS que coube ao Governo de Minas Gerais podem ser direcionados pelas empresas contribuintes para apoiar atividades esportivas ou paradesportivas.

Geralmente, os executores buscam captar recursos junto a poucas empresas, mas a Associação BS Competições lançou mão de outra estratégia para seus seis projetos aprovados desde que a Lei Nº 20.824 foi sancionada, nos quais quatro foram destinados ao treinamento e as participações de Breno. Para captar o valor de R$ 463.284,43 para todas as ações, o executor contou com 13 apoiadores –Alfa Cadeirantes e Montagens, Brasil Films Industrial, Direcional Transporte e Logística, Dolocal Indústria e Comércio de Cal, Empresa Gontijo de Transportes, Fácil Entregas Urgentes, Intercast, Líder 10 Calçados, Minas Gusa Fundição, Ramah Tecnologia Industrial, Serra Verde Transporte, Torrefação Windsor de Minas Gerais e Viação Itaúna.

Para o projeto Breno Lima-Kart 2017 foram captados R$ 94.917,78. “A Lei de Incentivo ao Esporte é essencial para termos condições de participar dos principais campeonatos de kart e também fazer uma boa preparação para eles”, declara o piloto.

Desde 2013, foram aprovados 489 projetos que proporcionaram benefícios tanto para a população atendida quanto para as empresas apoiadoras. Desse total 136 projetos já foram executados ou estão em execução com recursos captados que ultrapassam os R$ 38 milhões. Já são mais de 73,7 mil beneficiários entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, de 56 municípios mineiros.

Saiba mais em: incentivo.esportes.mg.gov.br.