O aluno-atleta Rafael Moura, medalhista da luta olímpica no JEJ. Foto: Marcus Cicarini/FEEMG

 

Os alunos-atletas de Minas Gerais que estão na disputa das modalidades individuais dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), etapa de 12 a 14 anos, vêm garantindo conquistas para o estado. Eles obtiveram, do início do evento – na quarta-feira (13) – até hoje, um total de dez medalhas nas competições de judô, natação, atletismo, luta olímpica, ciclismo, ginástica rítmica e xadrez, realizadas em Curitiba (PR).

No primeiro dia, os judocas mineiros subiram ao pódio duas vezes. O primeiro ouro de Minas veio do esforço do estudante Pedro Lasmar, do Colégio Inova Caminhos Dourados, de Varginha. O atleta competiu pela categoria até 64kg e venceu todas as lutas por ippon, faturando a medalha contra o competidor do Rio de Janeiro. “Foi sensacional! Estou muito feliz por esta vitória”, comemorou o estudante que teve a final transmitida pelo Facebook do JEMG e contou com comentários do campeão mundial e medalhista olímpico Tiago Camilo.

Na categoria até 58kg feminino, a atleta Layla Belarmino, da Escola Estadual Governador Milton Campos, de Belo Horizonte, ficou com o bronze e destacou a vitória no JEJ como realização pessoal. “Ganhar essa medalha foi um momento de superação na minha vida. Estou muito feliz pela conquista”, ressaltou.

Outras duas medalhas vieram da natação, com os alunos-atletas Flávio Henrique Fagundes, do Colégio Galileu, de São Sebastião do Paraíso, e João Eduardo Nogueira, do Colégio Pitágoras, de Belo Horizonte. Juntos, eles levaram prata e bronze, respectivamente. No momento da premiação, os mineiros foram premiados pelas mãos da campeã mundial dos 50m costas, Etiene Medeiros.

Mais medalhas

Na quinta-feira (14), a bandeira de Minas Gerais esteve mais quatro vezes no pódio dos Jogos Escolares da Juventude. A aluna-atleta Ana Laura de Moraes foi medalha de bronze na competição de ciclismo e se emocionou ao falar da conquista. ”É muito bom receber essa medalha tão importante, eu nunca tinha ganhado uma assim. Realizei um grande sonho!”, enfatiza. O pai e técnico de Ana Laura, Gustavo de Moraes, conta que a família toda pratica esportes e que isso foi muito importante para o desenvolvimento da filha. “Todos nós estamos no ciclismo e eu incentivei a Ana a sempre praticar esportes. Ver a filha indo por este caminho e colhendo os frutos é muito gratificante para mim”, disse.

O estudante Rafael Moura, da Escola Estadual Dr. Reynaldo Martins Marques, de Ribeirão das Neves, conquistou o bronze na luta olímpica, premiação inédita para Minas Gerais. “Difícil descrever tanta emoção”, conta o aluno-atleta que recebeu a medalha das mãos da embaixadora da modalidade, Aline Ferreira, vice-campeã mundial e bronze no Pan-Americano de Toronto, em 2015.

No atletismo Pâmela de Lima, da Escola Estadual Padre Alípio Martins Pinheiros, da cidade de Oratórios, subiu ao pódio no terceiro lugar dos 80m com barreiras.

Isadora Lima, Maria Clara Souza, Maria Eduarda Diniz e Rafaela Freitas conquistaram a medalha de prata por equipes na ginástica rítmica. Aluna do Centro Educacional de Belo Horizonte, Maria Clara – campeã sul-americana da modalidade com a Seleção Brasileira e beneficiária do programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Estado de Esportes – destacou a emoção da vitória. “Foi como um sonho, um alegria inexplicável para todas nós”, disse.

Terceiro dia dos jogos contemplam disputas coletivas e individuais

Nesta sexta-feira (15), foram somadas mais duas medalhas à conta mineira no JEJ. A ciclista Ana Laura de Moraes voltou ao pódio. Ela ficou em primeiro lugar na prova de estrada, que só definiu o resultado na última volta. “Eu estava disputando o ouro com duas ciclistas de São Paulo. Na última volta consegui passar a frente e mantive até o final”, relata a moradora da cidade de Carlos Chagas.

Além do ciclismo, o xadrez também foi premiado com a jogadora Isabella Conti, do Colégio Militar de Juiz de Fora, que conquistou a medalha de prata na modalidade.

No domingo (17), tem início a disputa das modalidades coletivas no JEJ. Até a próxima quinta-feira (21) estarão em ação os times mineiros de basquetebol, futsal, handebol e voleibol, nos naipes masculino e feminino.  

Os Jogos Escolares da Juventude

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 2005, o JEJ é realizado em duas fases que englobam modalidades individuais e coletivas e conta com a participação de estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país.

Tido como o maior celeiro nacional de atletas olímpicos, a competição revela, a cada ano, novos talentos para o esporte brasileiro. Da delegação composta por 465 esportistas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 já participaram dos Jogos Escolares da Juventude, entre eles os mineiros Núbia Soares, do atletismo, e Raul Neto, do basquete.