Foto: Divulgação/YescomUma das mais tradicionais provas do atletismo brasileiro, a Volta Internacional da Pampulha foi realizada na manhã deste domingo no principal cartão postal de Belo Horizonte. Mais de 14 mil pessoas participaram da 19ª edição da corrida, entre elas o secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, que correu no pelotão geral, e o atleta Giovani dos Santos que, no pelotão de elite, buscava o hexacampeonato.

Em 52m55s, o mineiro de Natércia completou o percurso de 18 km e, pela sexta vez consecutiva, foi o vencedor da Volta da Pampulha. Ele foi seguido pelo também mineiro Gilmar Silvestre Lopes, natural de São Miguel do Anta, e pelo ugandense Maxwell Kortek Rotich.

Em entrevista ao portal Globoesporte.com, Giovani falou sobre a vitória e sobre os próximos desafios. “Conseguir o sexto título aqui não tem explicação. É agradecer o pessoal de BH que me acolhe com carinho. Meu treinador faz parte dessa história e minha família também. Estou lutando para conseguir o lugar mais alto da São Silvestre, que é o meu sonho. Acreditem em mim, que eu vou chegar lá um dia”, disse.

Na prova feminina, a vencedora da XIX Volta Internacional da Pampulha foi a corredora queniana Leah Jerotich, que fez o percurso em 1h02m46seg. Na segunda colocação ficou outra queniana - Sharon Chilimo. A brasileira melhor colocada foi Joziane da Silva Cardoso, que ficou com o terceiro lugar no pódio.