Foto: Divulgação/CTEO Centro de Treinamento Esportivo (CTE) da UFMG realiza, no dia 19 de maio, entre 08 e 12h, peneirada para suas equipes de taekwondo e judô. Diante da inserção do parataekwondo nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020, o Centro iniciará uma nova equipe desta modalidade e, na mesma data, selecionará jovens interessados em praticá-la.

A seletiva tem como objetivo avaliar adolescentes e jovens com idade entre 8 e 22 anos, de ambos os sexos, com ou sem experiência nas  modalidades. Os talentos selecionados irão ingressar em um processo de treinamento sistematizado visando a formação de atletas de alto rendimento.

Na modalidade do parataekwondo são elegíveis os candidatos com deficiências de membros superiores, como amputação, má formação, déficit de força e amplitude de movimento reduzido.

A participação na peneirada é gratuita e os atletas selecionados não terão nenhum custo relativo a matrícula ou mensalidades. As inscrições para a peneirada podem ser realizadas pela internet, por meio do preenchimento do formulário disponível no site da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG, ou pessoalmente, no dia do evento, no CTE, localizado na Av. Alfredo Camarate, 617. Bairro São Luiz.

No CTE os jovens selecionados serão atendidos por profissionais altamente capacitados de diversas áreas relacionadas ao alto rendimento esportivo dentre eles: treinadores, preparadores físicos, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e psicólogos do esporte. Além de contarem com uma estrutura física de primeiro mundo.

Para mais informações os interessados podem entrar em contato por e-mail (cristianoarruda@ufmg.br), pelo telefone geral do CTE (3409-3316) ou diretamente com os supervisores das modalidades: Cristiano Arruda (taekwondo - 98878-8116) e André Fernandes (judô - 99245-1185).

O CTE

O Governo de Minas Gerais investiu R$ R$ 5.173.168,00 na primeira fase de obras do CTE, dedicada à construção da pista de atletismo de 6.838 m² onde serão realizados os testes e os treinamentos. Composto por nove raias revestidas com piso sintético, similar ao utilizado na Olimpíada de Londres 2012, o local é apto para as necessidades de 32 modalidades olímpicas de campo e pista. A estrutura foi utilizada pelos atletas britânicos durante a preparação para os Jogos Rio 2016.