Foto: Renata Silva/SEESPO secretário de Estado de Esportes interino Ricardo Sapi reuniu-se, na última semana, com representantes da Nó de Rosa Produções, empresa responsável pela realização de espetáculos do Cirque du Soleil em Minas Gerais.

No encontro, foi sinalizada a possibilidade de a trupe canadense retornar a Belo Horizonte, tendo o Ginásio Mineirinho como palco. “Será feita toda uma análise de viabilidade, a empresa produtora também vai avaliar melhor, mas no que depender de nós, abriremos as portas do ginásio para receber esse grande espetáculo cultural”, comentou Sapi, que também destacou o trabalho feito pela Secretaria de Estado de Esportes para atrair eventos diversos e competições para o Mineirinho como forma de aproveitar a estrutura de que o Estado dispõe.

A previsão é de que o Cirque du Soleil chegue à capital mineira em abril de 2019.

O Cirque du Soleil

Surgido em 1984 como um grupo de 20 artistas de rua, o Cirque du Soleil hoje emprega cerca de 4 mil funcionários, incluindo 1,3 mil artistas de quase 50 países. Em suas três décadas de existência, o Cirque du Soleil já levou seus espetáculos a um público superior a 160 milhões de espectadores, em mais de 400 cidades de cerca de 40 países, espalhados pelos seis continentes.