Entre os mobiliários urbanos que de alguma forma são gerenciados pelo governo do estado, via Secretaria de Esportes, estão o Mineirão e a Arena Independência.

O Mineirão é gerido em um modelo de Parceria Público Privada (PPP), no qual a Concessionária Minas Arena administrará o Gigante da Pampulha por 27 anos no total (25 anos de operação após os dois anos de reforma), por meio de um Contrato de Concessão Administrativa.

No caso da Arena Independência, a administração do estádio localizado no bairro Horto foi repassada à Concessionária BWA, por meio de um Contrato de Concessão de Uso, com vigência até o ano de 2022 (10 anos a partir da reinauguração do estádio, em 2012).

A operação dos estádios pode ser acompanhada nos sites dessas empresas.